sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Anvisa-Bulas de Medicamentos


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebe até o próximo dia 24 opiniões sobre uma proposta de mudanças nas bulas de medicamentos vendidos no país. O objetivo da nova padronização que está consulta pública, desde o mês de janeiro, é facilitar o entendimento dos consumidores a respeito das informações sobre os remédios. O texto prevê que a linguagem seja acessível e que as letras sejam maiores e os parágrafos mais espaçados para facilitar a leitura. Também há mudanças previstas em relação à qualidade do papel a ser utilizado, que não pode ser transparente. A população pode opinar e sugerir, por meio do site http://www.anvisa.gov.br/, por carta ou por fax. Segundo a gerente de medicamentos da Anvisa, Nur Shugaír, a consulta tem como foco o consumidor. Ela salienta que as bulas devem conter informações simples e necessárias sobre os medicamentos que ajudem o paciente a fazer o uso correto do medicamento. “A maioria das pessoas não consegue entender o que está escrito, pois os termos são muito técnicos", afirmou. Segundo ela, a proposta é que o medicamento seja acompanhado de uma bula acessível destinada ao paciente e outra voltada aos médicos, contendo termos técnicos ficará disponível no site da Anvisa. "A bula do paciente será disponibilizada na caixa do medicamento de acordo com as suas necessidades. O paciente tem que ler e entender o que está escrito. Já para o uso dos médicos, a bula estará disponível no site da Anvisa e também poderá ser acessada pelos consumidores”, ressalta. O prazo para que as novas regras sejam aplicadas ocorrerá depois do resultado da consulta pública, que deverá ser publicado no início de maio. A partir desse período as empresas terão 180 dias para se adaptarem e até o final do ano para que todos os medicamentos estejam disponíveis com a nova bula. Após esse período, se as empresas não obedecerem, ficam sujeitas a multas e interdição dos produtos.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Suiça:Era tudo Mentira?

Promotoria de Zurique diz que brasileira admitiu ter mentido
Suíça - De acordo com uma nota divulgada pela Promotoria Pública de Justiça de Zurique, a brasileira Paula Oliveira admitiu ter feito declarações falsas à polícia de Zurique na semana passada, quando disse ter sido atacada por três neonazistas e ter perdido filhos gêmeos dos quais afirmava estar grávida. As afirmações das autoridades foram feitas nesta quinta-feira.
O comunicado diz ainda que a brasileira declarou, no dia 13 de fevereiro, que não houve ataque, e que ela própria infligiu os ferimentos em seu corpo. A Promotoria Pública investiga, juntamente com a polícia, quais teriam sido os motivos que a levaram a fazer as declarações falsas.
Após ver os resultados dos exames ginecológicos, Paula também teria confessado que não estava grávida.
O advogado de defesa de Paula Oliveira afirmou que está avaliando algumas estratégias para defendê-la, entre elas a de usar o fato de ela sofrer de lúpus como atenuante por seu comportamento.
Apesar de o código penal suíço prever uma pena de prisão de até três anos para casos semelhantes a este, Müller não considera a hipótese de Paula ser presa.
Jornais locais especulam que Paula tenha mentido para receber uma indenização de 100 mil francos suiços, o equivalente a R$ 200 mil.

INICIATIVA

video

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Suiça:Era tudo Mentira?


polícia suíça diz que a advogada brasileira que teria sido vítima de ataque xenófobo nãoestava grávida e pode ter se automutilado
Fotos AFP
MARCADA Paula, em foto enviada a amigos anunciando a gravidez; acima, as marcas que os supostos agressores teriam lhe infligido
O caso da agressão à advogada brasileira Paula Oliveira, de 26 anos – que teria tido o corpo retalhado a faca por três homens na Suíça e perdido os bebês que esperava em decorrência do episódio –, terminou a semana de forma inesperada: em comunicado distribuído na sexta-feira, a polícia suíça afirmou que resultados de exames médicos apontaram que Paula, ao contrário do que havia dito, não estava grávida no momento em que diz ter sofrido a agressão. O aviso informa ainda que, de acordo com os exames, não é possível afirmar que as marcas em seu corpo tenham sido feitas por terceiros. O legista suíço Walter Baer, que auxiliou a polícia nas investigações, declarou que "qualquer médico forense com experiência não hesitaria em afirmar que esse foi um caso de autoflagelação". A madrasta de Paula, Jussara Britto, disse a VEJA que a família tem imagens de ultrassom que mostram que Paula estava, sim, grávida. Quanto à afirmação de que ela própria poderia ter se autoinfligido os cortes que aparecem nas fotos enviadas a jornalistas brasileiros por seu namorado, Jussara afirmou: "Quem conhece a Paula sabe que essa hipótese está fora de cogitação".
Paula contou ao pai, o assessor parlamentar Paulo Oliveira, que se dirigia à casa onde mora com o noivo quando foi abordada por três homens carecas na saída da estação de trem de Dubendorf, cidade vizinha a Zurique. Eles a teriam arrastado para um terreno próximo, abaixado sua calça e levantado sua blusa. "Depois a estiletaram no corpo todo. Na barriga e nas coxas, fizeram as siglas do SVP", disse o pai. O SVP, Partido do Povo Suíço, teve 29% dos votos nas últimas eleições e conquistou a maior parte das cadeiras do Parlamento suíço. O fato de ele pregar a expulsão de imigrantes reforçou a sugestão de que se tratava de um ataque xenófobo. Paula disse que, depois do ataque, se refugiou no banheiro da estação de trem. Lá, teria sofrido o aborto.
Logo que chegou a Zurique, em 2007, transferida da filial da empresa dinamarquesa Maersk em São Paulo, Paula conheceu o namorado, o economista suíço Marco Trepp. No dia 20 de janeiro, ela mandou um e-mail para amigos, com uma foto sua, anunciando a gravidez: "Gente, novidades: tô grávida... de gêmeos! O susto foi grande, mas agora estamos superfelizes! Como perdi muito peso, já dá pra ver a barriguinha, espero que gostem!". No dia 23, escreveu para a amiga Márcia Peixoto que esperava meninas e, no dia do suposto ataque, mandou outro e-mail dizendo que estava ansiosa pelo exame que faria no dia seguinte.
Diante de versões tão conflitantes, três hipóteses se desenham: 1) a polícia suíça mentiu ou se enganou ao dizer o que disse; 2) Paula, por alguma razão, inventou que estava grávida e criou a versão do ataque para camuflar a mentira; 3) além de fabular sobre a gravidez e o ataque, a advogada se automutilou, numa conduta que pode ser consequência de um distúrbio psiquiátrico ou de uma instabilidade emocional momentânea – o que, segundo especialistas, pode ocorrer em qualquer fase da vida. Contra essas duas últimas possibilidades, estão relatos colhidos por VEJA. A reportagem ouviu dois ex-colegas de faculdade da advogada, uma ex-professora de colégio, um amigo também dos tempos de escola e um advogado do escritório onde Paula estagiou no Brasil. Todos reiteram o que diz sua madrasta: que ela nunca apresentou nenhum distúrbio psicológico, era sociável, tranquila e afável. O episódio envolve dúvidas – gravidez ou não gravidez, ferimentos autoinfligidos ou não – cujas respostas, quando forem apresentadas, precisam ser incontestáveis. Quaisquer que sejam elas, o fato é triste.

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Projeto de Lei Cancelamento Taxa Telefone Fixo


SERÁ VOTADO EM MARÇO...
Dê também o seu apoio a este Excelente projeto de Lei - A União vai fazer a Força -
CANCELAMENTO DA TAXA TELEFÔNICA de: R$ 40,37 (residencial) e R$ 56,08 (comercial)
Quando se trata do interesse da população, nada é divulgado. COMO PROCEDER:
Ligue 0800-619619.
Ouça o menu, aperte 1 e Espere para falar com uma atendente. Diga que é para votar a favor do cancelamento da taxa de telefone fixo.
O Projeto de Lei é o de n.º 5476/2001.
Esse tipo de assunto NÃO é veiculado na TV ou no rádio, porque eles não têm interesse e não estão preocupados com isso. Então nós é que temos de correr atrás, afinal quem paga somos nós!
O telefone a ser discado (0800-619619, de segunda à sexta-feira das 08 às 20h00) é da Câmara dos Deputados Federal.

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Site novas regras ortógraficas

Pode ser útil.....(útil, com acento ou sem?....
Nestes tempos de mudanças ortográficas, sempre temos dúvidas.
Para quem quer uma resposta rápida, uma ótima dica é este site em que você digita a frase e ele responde com as novas regras em vigor: http://ramonpage.com/ortografa/ <http://ramonpage.com/ortografa/> Veja essa frase como exemplo: "As conseqüências do anti-semitismo são desastrosas, uma péssima idéia", e o site retorna: "As consequencias do antissemitismo são desastrosas, uma péssima ideia".

terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Gordura dos Alimentos

> Você sabia dessa?> Culinária Brasileira!!!> > USO DA LARANJA PARA TIRAR GORDURA DOS ALIMENTOS> > " Tivemos que fazer uma feijoada para toda a família.>> Então seguimos o conselho de uma amiga que nos disse que> a mãe dela colocava uma laranja inteira e não descascada> (lavada claro..) na dita feijoada junto com as carnes....> ficamos em duvida mas tentamos e realmente funcionou, até> parecia milagre, a gordura estava toda dentro da laranja,> bastou cortá-la para ter a confirmação.> A laranja não modificou em nada o gosto da feijoada que> ficou super light.> Então tentamos com linguiça, fervemos a água, furamos> as linguiças com 1 garfo, colocamos a laranja na panela e> depois as linguiças e.... ficou comprovado, em 5 minutos> a gordura estava toda dentro da laranja, depois fritamos> as linguiças e elas estavam deliciosas; e nossa panela sem> gordura...> Isso poderá servir para alguém, é por isso que transmito> o que aprendi."> Experimente e se for bem sucedido(a), repasse.......!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Filosofia de Vida

FILOSOFIA DE VIDA
Um professor de filosofia parou na frente da classe e sem dizer uma palavra, pegou um vidro de maionese vazio e encheu-o com pedras de uns 2 cm de diâmetroEntão perguntou aos alunos se o vidro estava cheio. Eles concordaram que estava.Então o professor pegou uma caixa com pedregulhos bem pequenos jogou-os dentro do vidro agitando-o levemente.Os pedregulhos rolaram para os espaços entre as pedras.Ele então perguntou novamente se o vidro estava cheio.Os alunos concordaram: agora sim, estava cheio!Então professor pegou uma caixa com areia e despejou dentro do vidro preenchendo o restante.
- Agora, - disse o Professor - eu quero que vocês entendam que isto simboliza a sua vida.
As pedras são as coisas importantes: sua família, seus amigos, sua saúde, seus filhos, coisas que preenchem a sua vida. Os pedregulhos são as outras coisas que importam: o seu emprego, sua casa, seu carro... A areia representa o resto. As coisas pequenas. Se vocês colocarem a areia primeiro no vidro, não haverá maisespaço para os pedregulhos e as pedras. O mesmo vale para a sua vida. Cuidem das pedras primeiro. Das coisas que realmente importam. Estabeleçam suas prioridades. O resto é só areia!
Então um aluno pegou o vidro que todos concordaram que estava cheio e perguntou novamente se o vidro estava cheio. Os alunos concordaram: sim, estava cheio!
Então ele derramou uma lata de CERVEJA dentro do vidro. A areia ficou ensopada com a cerveja preenchendo todos os espaços restantes dentro do vidro e fazendo com que ele desta vez ficasse realmente cheio.
MORAL DA HISTÓRIA:
NÃO IMPORTA O QUANTO SUA VIDA ESTEJA CHEIA DE COISAS E PROBLEMAS, SEMPRE SOBRA ESPAÇO PARA UMA CERVEJINHA!!!

sábado, 7 de fevereiro de 2009

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Conselhos de Cearense para 2009

UM ARRETADO PRA TU.

> Assunto: : Um ano bem arretado procê!

> Conselhos de cearense para 2009
>
> 1. Você já é um cagado por estar vivo, pense nisso e
> agradeça a Deus.
> 2. Não fique arrudiando para estar junto de quem você
> gosta, se avexe.
> 3. Não bote boneco no trabalho, seja paciente.
> 4. Pra você ficar estribado é preciso trabalhar. Não
> fique frescando com os colegas. Funcionário que não dá um
> prego numa barra de sabão não fica não.
> 5. Se você tiver mesmo afim de sair porque não agüenta
> mais aquele seu chefe véi fulerage, aquele cabra que te
> deixa fumando numa quenga, tenha calma, pois não adianta
> ficar ispritado porque ele não reconhece que você rala o
> bucho no trabalho, vá procurar algo melhor e cape o gato na
> hora H.
> 6. Mesmo que seus objetivos estejam lá na baixa da égua,
> vale a pena buscá-los e dê uma rabiçaca para os maus
> pensamentos, pois pra gente conseguir o que quer tem é Zé.
> 7. Dê um desconto para aquele cabra que só bate fofo com
> você. Vale a pena investir, pois de tanto insistir pode
> nascer um bruguelo ou um minino réi amarelo.
> 8. Quando quiser algo, seja o cão chupando manga e vá em
> frente. Não desista e dê uma pinóia pros maus
> pensamentos.
> 9. Você é um(a) corralinda, é importante que você ame a
> si próprio.
> 10.Não vá bulir em coisa que tá dando certo. Deixe
> quieto, pois de tanto coisar com uma, coisar com outra, vc
> pode ganhar um chapéu de touro, seu mói de chifre. E se
> quiser matar o verme, procure o doidim/doidinha que está a
> seu lado.
> 11.Você ainda não tem ninguém, não pegue qualquer
> marmota. Escolha uma corralinda igual a você e não rebole
> no mato as boas oportunidades.
> 12.Pras vitalinas (aquelas que o cabra não pode nem
> triscar que já ficam igual a uma barata num bico de uma
> galinha) fiquem pastorando até encontrar alguém pai
> d'égua. Não escolha um cabra peba ou malamanhado. O
> segredo é pelejar e não desistir. Não peça pinico e
> deixe quem quiser mangar. Um dia seu machoréi vai
> encontrar.
> 13.Não fique batendo o quengo pensando em besteira,
> tenha pensamentos positivos e diga: Sai mundiça.
> 14.Se algo não sair como você planejou, não fique de
> lundu. Saia com aquele magote de amigos seus pra tomar um
> merol ou uma meiota.
> 15.Aí é torcer que 2009 vai ser só o mi dibulhado e
> respeite como ele vai ser bom.
> o leão vai ser campeão novamente

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Lages 78


Para uma melhor vizualização das fotos, click duas vezes na foto, será direcionado para um novo site "slide", click no botão acima e a direita "visual original" "

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Carro do futuro

video

Dicionário para deficientes visuais

Não perca esta oportunidade!
Dorina Nowill disponibiliza dicionário para deficientes visuais.
Os deficientes visuais já podem fazer consultas rápidas ao dicionário.
Inviável no modelo braille, devido a grande número de páginas necessárias, a
Fundação Dorina Nowill para Cegos transcreveu o Michaellis - Dicionário prático da língua portuguesa, com 36 mil verbetes, para o formato LIDA - Livro Digital Acessível.
O LIDA é uma ferramenta inédita no mundo que permite ao usuário navegar pelo
livro digitalizado. Para disponibilizar os textos nesse formato, os livros
foram criptografados para garantir acesso somente ao deficiente cadastrado. "O usuário recebe senha pessoal, como garantia ao autor que cedeu os direitos gratuitamente, e faz a leitura por meio de um sistema de voz digital que emite em áudio as palavras escritas", ressalta o idealizador do projeto e diretor de Tecnologia da Fundação Dorina Nowill para Cegos, Edgar Pinto Ferreira Filho.
Para obter uma cópia gratuita, basta o deficiente visual se cadastrar na Fundação Dorina Nowill para Cegos pelo e-mail lida@fundacaodorina.org.br. Com o cd e a senha, o livro pode ser acessado de qualquer computador com placa e caixa de som.